A flor e o indicador

MATERIAIS E REAGENTES

MATERIAIS:

  • 2 recipientes de plástico, cilíndricos e com tampa
  • 1 flor artificial de tecido
  • borrifador

REAGENTES:

  • solução alcoólica de fenolftaleína (0,1%)
  • solução de amônia 30% (encontrada em farmácias)
  • bicarbonato de sódio
  • ácido acético diluído (pode utilizar vinagre).

METODOLOGIA

1- No primeiro recipiente adicione aproximadamente 50 ml da solução de ácido acético diluído e 1g de bicarbonato de sódio.

2- No segundo recipiente adicione 20 gotas de solução de amônia. Tampe ambos os recipientes e aguarde alguns segundos.

3- Borrife as pétalas da flor com a solução de fenolftaleína.

4- Coloque a flor no recipiente contendo amônia, de modo que as pétalas fiquem em contato com o vapor da solução. Observe se há alteração na cor.

5- Coloque a flor no recipiente contendo bicarbonato de sódio, do mesmo modo que no passo anterior. Observe.

DISCUTINDO OS RESULTADOS

Quando a fenolftaleína, impregnada na flor, entra em contato com o vapor de amônia, ela adquire coloração rosa. Isso ocorre porque esse indicador é um ácido fraco e perde um próton quando em contato com uma base mais forte.

A flor rosada, ao entrar em contato com o vapor de dióxido de carbono, CO2, produzido na reação entre o ácido acético e o bicarbonato de sódio, perde a coloração, porque a espécie da fenolftaleína desprotonada (colorida) recupera o próton e retoma sua configuração anterior.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: